Blowjob

Policiais fazem ‘vaquinha’ para manter delegacia limpa em Serra Talhada

A Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada novamente vem sendo afetada por um problema peculiar, fruto da falta de atenção por parte da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS). O problema é que policiais estão trocando armas e algemas por vassouras, baldes e panos de pratos para manter a delegacia sem sujeira, já que um contrato de limpeza junto à unidade não foi renovado pelo governo estadual desde o final de 2015.
 O representante sindical da categoria, Cornélio Pedro da Costa, disse que o corpo policial já chegou até a fazer ‘vaquinha’ e ‘mutirão’ para evitar o acúmulo de dejetos na delegacia.
“E agora a situação está pior porque são quatro meses que as meninas contratadas para fazer a limpeza estão sem condições de ir, pois estão sem receber. Aí tem dia que é péssimo. Recentemente fizemos uma vaquinha para contratar, do nosso bolso, uma das meninas para fazer a faxina porque o negócio estava feio mesmo”, alertou o comissário, contando que as ‘vaquinhas’ são para comprar material de limpeza e pagar a diarista.
“A informação que temos é que o contrato de limpeza de todas as delegacias seccionais foi renovado com a empresa terceirizada, e só aqui que não houve essa renovação. As meninas que faziam a limpeza na delegacia estavam sem receber desde outubro do ano passado, ficaram assim até o final de novembro e depois não voltaram mais. Esta semana três de nossos policiais se reuniram para varrer o ambiente, lavar os pratos… Fizeram um mutirão. E o sentimento que a gente fica é de indignação”, lamentou Cornélio.

Fonte: Farol de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

To use BrandCaptcha you must get an API Key