Após decisão de Barroso, Pizzolato poderá cumprir pena em liberdade condicional

Após decisão de Barroso, Pizzolato poderá cumprir pena em liberdade condicional

Foto: Reprodução / O Sul

Por apresentar “bom comportamento carcerário”, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Roberto Barroso decidiu que o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato possa cumprir sua pena em liberdade condicional. De acordo com o Estadão, Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão por conta do escândalo do mensalão do PT. Na decisão, Barroso considerou que o ex-diretor tem bons antecedentes e comportamento, que ele já cumpriu 1/3 da pena e também que Pizzolato já está apto a se sustentar com um “trabalho honesto”. Faz um ano e sete meses que o ex-diretor cumpre pena e desde o dia 31 de maio já estava em regime semiaberto no Complexo Penitenciário da Papuda. Pizzolato deverá ser solto na quinta-feira (28), após audiência em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

To use BrandCaptcha you must get an API Key