Juiz baiano manda oficial bater na porta ao citar réu: ‘não se abrem de forma mágica’

por Cláudia Cardozo

Juiz baiano manda oficial bater na porta ao citar réu: 'não se abrem de forma mágica'

Foto: Leitor BN/ Whatsapp

O juiz Cláudio Césare Braga Pereira, da 10ª Vara Criminal de Salvador, proferiu um despacho um tanto quanto inusitado. Diante de uma notificação de um oficial de justiça, que afirmou não conseguir intimar um réu em “virtude da porta de sua casa se encontrar fechada”, o juiz expediu um novo mandado de citação a ser cumprido pelo mesmo oficial de justiça. O magistrado ainda recomendou: “devendo este, quando chegar ao local, bater na porta ou tocar a campainha, pois, em regra, as portas ficam fechadas e não se abrem de forma mágica”. O despacho do juiz criminal foi publicado na última sexta-feira (6). O réu responde a uma ação penal por roubo majorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

To use BrandCaptcha you must get an API Key